Destaques

11.09.2018 às 17:00hs

Professor e alunos de Agronomia do Univag participam de Congresso Brasileiro no Rio de Janeiro

O Diretor da Área de Conhecimento de Ciências Agrárias, Biológicas e Engenharias do Univag - Centro Universitário de Várzea Grande, professor Dr. Anderson Luis Cavenaghi, e os alunos do curso de Agronomia Jhonatham Francisco Gomes Morais e Gustavo Henrique Souza e Silva participaram do Congresso Brasileiro de Ciência de Plantas Daninhas, realizado entre os dias 27 e 30 de agosto, no Rio de Janeiro (RJ).

O evento debateu problemas com controle de plantas daninhas, resistência de plantas daninhas a herbicidas e eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas nas principais culturas do Brasil.

O professor Anderson Cavenaghi ministrou uma palestra com o tema: Atualização sobre a situação do Amaranthus palmeri e foi moderador do painel: Manejo de plantas daninhas em algodão.

"O Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas sempre é uma oportunidade de atualização nos assuntos mais importantes de nossa área, pois conta com a participação de pesquisadores nacionais e internacionais discutindo problemas que estão acontecendo no campo, além de possibilitar a realização de network, o que permite a interação entre diferentes instituições", ressaltou.

O congresso contou com a exposição de trabalhos de dois alunos do 8º semestre de Agronomia do Univag, que apresentaram atividades desenvolvidas na instituição. O evento proporcionou aos alunos troca de experiência e conhecimentos.

O aluno Gustavo expôs trabalhos realizados no campus experimental do Univag. Ele abordou o controle do Amaranthus palmeri e do capim pé-de-galinha. "A oportunidade de participar de um congresso tão importante quanto esse foi muito gratificante. Dessa forma pude agregar muito conhecimento e fazer uma network fantástica", disse.

Já o aluno Jhonatan também falou sobre o controle do Amaranthus palmeri e o controle de capim-amargoso. "É muito importante participar de um congresso como esse que proporciona ao aluno contato direto com o mercado de trabalho, ajuda a definir qual segmento seguir profissionalmente, a conhecer os meios de estudos e serviços da área abordada", ressaltou.

Autor: Patricia Xavier
Fonte: Assessoria Univag