Destaques

06.11.2018 às 11:50hs

Enfermagem do Univag apresenta resultado de pesquisa científica

O curso de Enfermagem do Univag - Centro Universitário de Várzea Grande divulgou o resultado da pesquisa "A inserção do profissional técnico de enfermagem no mercado de trabalho regional - Desafios e perspectivas da transição do perfil profissional". O colóquio de apresentação foi realizado no dia 24 de outubro, no campus da instituição.

O trabalho científico foi produzido pelo grupo de Pesquisa em Gerenciamento e Educação na Enfermagem e na Saúde do Univag. O estudo aconteceu entre os anos de 2016 e 2018 nos hospitais e faculdades de Enfermagem de Cuiabá e Várzea Grande, além de usar dados no sistema de cadastro do Conselho de Classe da Enfermagem – COREN-MT.

A pesquisa descreveu o cenário de transição de categoria de auxiliar/técnico de enfermagem para enfermeiro na concepção das instituições empregadoras, dos profissionais e de docentes da graduação de Enfermagem.

O projeto foi desenvolvido pela coordenadora do curso de Enfermagem do Univag, professora Msc. Aline Aparecida Bianchi Cavichioli, professora Fabiana Bariguella Caurin e professora Msc. Michelly Kin de Oliveira Rosa.

"Este trabalho é uma pesquisa de campo do tipo estudo de caso. A pesquisa estudou um único ponto que é o mercado de trabalho diante da transição de categoria entre os profissionais da enfermagem sob diferentes prismas, através de múltiplas fontes de dados, adotando dados quantitativos e qualitativos", explicou a coordenadora.

A professora explicou que o colóquio de pesquisa teve a finalidade de aproximar a graduação do mercado do trabalho, possibilitando construção do conhecimento e entendimento do cenário da enfermagem no nosso estado. Esta iniciativa vislumbra aprimorar a realidade do mercado de trabalho a academia.

"O estudo nos forneceu informações a cerca dessa transição de profissionais na perspectiva de vários sujeitos envolvidos e ainda sobre alguns aspectos do trabalho da enfermagem, os quais merecem ser compartilhadas com as instituições envolvidas e comunidade acadêmica", completou.

A pesquisa foi aprovada em setembro de 2016 sob parecer nº 1.672.263 e seu adendo aprovado em fevereiro de 2018 sob nº 2.484.399, cumprindo a Resolução do Conselho Nacional de Saúde no 466/2013.

Autor: Patricia Xavier
Fonte: Assessoria Univag