Graduação

As políticas institucionais da graduação do UNIVAG são estabelecidas a partir de princípios que tomam como referência o estímulo à inovação, a investigação científica, a atitude empreendedora e a formação cidadã nos projetos pedagógicos dos seus cursos superiores, valorizando práticas e princípios que dão sentido aos projetos pedagógicos dos cursos. Seus valores, que dão consistência às ações institucionais, consideram a diversidade da cultura da região, a proposição de processos criativos, a ciência e suas formas de produção e divulgação, a profissão como vivência, a autonomia e sua atitude empreendedora, a liberdade acadêmica vinculada à cidadania e o compromisso com a sustentabilidade.

As propostas curriculares, expressas nos Projetos Pedagógicos dos cursos, são pensadas a partir de critérios de qualidade científica e acadêmica, tendo como fim a formação profissional empreendedora e cidadã dos estudantes da graduação. Por outro lado, os Projetos Pedagógicos dos cursos são estruturados a partir de valores formativos compatíveis com a realidade do setor produtivo regional.

A relação das atividades de ensino com as necessidades locais e regionais visando a aproximar a realidade da sociedade com a produção da ciência no espaço acadêmico é diretriz do ensino de graduação.

A graduação de profissionais com sólida formação geral e profissional e com visão crítica da realidade regional e nacional constituem elementos essenciais das políticas do ensino de graduação. Com isso, o UNIVAG estabelece um dos pilares da consecução da qualidade da formação

profissional e acadêmica, na medida em que espera que seus estudantes tenham postura semelhante na sociedade, valorizando o conhecimento obtido e efetivando-o criticamente.

Os Projetos Pedagógicos dos cursos garantem a marca da diferenciação, ao implementar, no processo de formação, o desenvolvimento

da cultura empreendedora, de modo a responder ao mundo do trabalho e às demandas ético-profissionais da sociedade. A gestão do ensino leva em conta a necessidade do desenvolvimento de projetos formativos que estimulem inovações curriculares e o uso de novas metodologias ativas de ensino, cujo enfoque é o aprender a aprender.

A dimensão prática da formação possui sua consistência técnico ? científica em experiências concretas do mundo do trabalho, tendo como princípio o exercício da autonomia intelectual e prática do estudante em processo de formação.

O padrão de qualidade das instalações físicas, dos laboratórios e dos serviços especializados existentes e o provimento do material de apoio necessário, estabelecem as condições para a execução de seus projetos de formação.

Atualmente, o UNIVAG oferece cursos de graduação na modalidade de bacharelado, de licenciatura, organizados por áreas do conhecimento, e os cursos superiores de tecnologia.

As áreas do conhecimento que reúnem os diversos cursos do UNIVAG são a Área de Ciências Agrárias, Biológicas e Engenharias, a Área de Ciências Humanas, a Área de Ciências da Saúde e a Área de Ciências Sociais Aplicadas.

Ao reunir diversos cursos que têm como ponto comum a área de conhecimento à qual pertencem, o UNIVAG opta por uma organização que, dentre outras possibilidades, permite a superação de uma concepção e de uma prática meramente disciplinar, que é a tradição acadêmica brasileira, gerada pela extremada especialização dos cursos e consequente visão fragmentada da ciência e do mundo, para avançar no sentido de um trabalho mais integrado e interdisciplinar. Entretanto, os cursos de graduação são o ponto de partida, a partir do qual toda a atividade no Centro Universitário se desenvolve e, ao mesmo tempo, o ponto de chegada, para o qual todos os resultados devem convergir e o foco de toda a gestão institucional.